Se estiver em sintonia com Deus, suas opções sempre serão acertadas.

Se quiser ouvir um determinado tipo de música,
você sintoniza na rádio que toca essa música.
Se preferir ouvir notícias, a rádio escolhida é outra.
Se quiser ver um canal de esportes na TV,
ou um programa de culinária, ou um telejornal…
você irá sintonizar o canal específico.
Tudo tem uma sintonia específica, única.

E se quiser telefonar para alguém ou mandar um email?
Se você discar um único número errado
ou teclar numa letra errada, o que acontece?
A ligação cai em outro lugar, o email vai pra outra pessoa, ou não vai pra lugar nenhum.

Tudo funciona com sinais. Tudo tem que estar em sintonia.
Aparelhos que emitem e aparelhos que recebem.
Tudo único. Tudo específico.

O Ser Humano também tem o seu “número”, seu código exclusivo, que se chama: DNA.
Em trilhões de células que cada Ser Humano tem em seu corpo,
em todas ele está lá. Uma assinatura. Um código. Uma identificação.

Ele determina muito de nossa aparência,
de nossos gostos, de nossas facilidades.
Demonstra eventuais fragilidades e potenciais fortalezas.
Nos identifica sob o ponto de vista biológico. Diz muito de nós.

E além desse DNA biológico, temos também um DNA Espiritual.
Um código também único
que mostra nossa essência, nossos gostos, nosso potencial, nossa missão.
É o nosso número de acesso à Deus.
É o nosso código para que mensagens nos cheguem,
para que sinais sejam mostrados, para que o improvável aconteça.

Se não soubermos esse número,
se não conseguirmos acessar esse código,
nossa mensagem ao Universo não sai. Ou sai e cai nos “spans” do Universo.

O acesso à Deus se dá quando entramos em sintonia com essa essência.
Quando nos calamos, quando acalmamos nossas mentes,
quando paramos de querer. De falar. De pedir.

Do vazio nasce o contato.
Do contato nasce a sintonia
Da sintonia nasce a verdadeira vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *