Busque sua verdadeira natureza, sua essência, sua razão de ser. Sua força virá desse alinhamento.

E aos poucos a porta foi se fechando.
O acesso à essência, ao jardim, às flores…
O acesso ao ser único,
à obra única feita por Deus que é você.

Foi por proteção, por valores impostos.
Foi pela sua necessidade de aceitação, do seu medo, da sua insegurança…
Dessas forças vinham as mãos que
aos poucos, empurravam e iam fechando a porta.

Te trouxeram fantasias para vestir
Idéias que te falaram que também eram suas,
E aí vem a carência, o desconforto, a ansiedade.
O desejo de responder, de ser aceito.

E continuaram te conquistando.
Te ofereceram brinquedos caros, roupas,
carros, casas…
Te disseram que ali você seria feliz, que isso seria a forma de mostrar que havia conseguido tudo.

E aquela velha porta, fechada, escondendo o que havia de mais valioso… Mas tudo tem um preço.
Essa porta fechada não deixa a energia da vida fluir
Não deixa que sua natureza cresça, se mostre, viva…
E ela fechada te leva à busca de alegrias curtas, vazias..
E vêm as compras, as bebidas, a diversão desmesurada…
Tudo por causa de uma porta fechada.

Pesada, difícil de abrir? Sim… mas é a sua única saída.
Busque sua natureza, sua essência, sua razão de viver,
ela está atrás dessa porta que fica dentro do seu coração.
Quando se conectar, tudo fluirá…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *