A felicidade não está em ter. Está em ser!

Não, não há o que buscar.
Tudo está e sempre esteve em nós.
Quando nos perdemos?
Na vitrine, no anúncio,
no outro, sempre no outro…
Black Friday…. é…
Que felicidade é essa?
A flor nasce da semente
que cresce sendo o que veio ser.
E no caminho, no esforço,
cresce, cresce, cresce…
Encontra o sol, a luz,
vem o vento, a chuva e continua crescendo.
Vira flor, fruto, vira ela…
Da essência, veio a flor,
Da essência… Nosso brilho, nossa flor,
nunca virá de fora.
O que realmente precisamos?
– Simples – responde nossa alma.
Precisamos apenas de ser o que nascemos para ser.
E isso não se compra em lojas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *