A Consciência de que está no seu caminho é o que te dará forças para cada batalha.

Tudo sempre esteve tão perto…
Acreditava que para o caminho precisava de luz.
Mas a luz veio com os olhos fechados.

Enxergou!
Acalmou o cavalo selvagem no momento em que decidiu não mais domá-lo.
Pensamentos, sensações, lembranças…
Vinham, não encontravam resistência,
Iam.
No consciência do momento presente,
No silêncio.
No fluxo da respiração…
Encontrou o caminho.
Sempre esteve lá.
Dentro de si.
Livre, sua alma sorriu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *