Coragem não é ausência de medo. Coragem é seguir apesar do medo.

A floresta é perigosa. As brumas envolvem as árvores, os sons não são conhecidos, o céu cinza assusta. No campo tudo é aberto, o caminho de casa é seguro. O cheiro da comida, o conforto, o calor, tudo trás paz e segurança. Mas é preciso atravessar a floresta.

Monstros, traições, o inexplicável habita a floresta. Sempre foi assim. O desconhecido assusta e atrai. O medo paralisa e movimenta. Atravessar a floresta é preciso. A alma pede liberdade, espaço, conquista.

O guerreiro descobre-se guerreiro durante a jornada. Sua mente controla sua espada. Sua coragem nasce do medo. Uma flor de lótus.

Seguir o chamado da alma. Atravessar as florestas. Largar o campo. Partir para a jornada mais importante e difícil: a busca pelo alimento da alma.

Coragem para arriscar. Coragem para seguir. Coragem para sair da zona de conforto. Seguir é a única saída.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *